Atualmente, é preciso ressaltar que ter uma formação de nível superior graduado ou técnico é item essencial para garantir uma vaga no mercado de trabalho.

Por conta disso, a procura por cursos técnicos vem crescendo gradualmente.  

Além disso, cursos técnicos são encontrados com facilidade em, praticamente, todos os municípios do país.

Com preços mais em conta ou totalmente de graça, por esse motivo, a busca por esses cursos é tão grande. 

Afinal, nem todas as pessoas possuem condições de pagar uma faculdade ou universidade, e outras não possuem tempo para se dedicar a cursos de graduação.

Por conta disso, os cursos técnicos se tornam muito mais viáveis. 

E da mesma forma que os cursos de graduação, os cursos técnicos agregam de forma considerável e significativa o currículo de uma pessoa e como, na maioria das vezes, esses cursos possuem curta duração, é completamente possível fazer mais de um em um período de 5 anos. 

Ou seja, um curso técnico é a opção perfeita para todas as pessoas que desejam obter muitos conhecimentos e mais de uma formação profissional em áreas distintas ou que se completam. 

E você sabia que os cursos técnicos se dividem em três tipos?

Neste artigo, você irá aprender os três tipos de cursos técnicos que existem.

Bem como, quais são as profissões que englobam o nível de conhecimento de um curso técnico.

Tipos de cursos técnicos

Primeiramente, você deve saber que o curso técnico nada mais é do que um curso de nível médio que combina ensinamentos técnicos, práticos e teóricos sobre um assunto específico de uma determinada área de atuação do mercado de trabalho. 

Contudo, os cursos técnicos se dividem em três tipos: curso técnico integrado, curso técnico concomitante e curso técnico subsequente.

Veja abaixo do que se trata cada um deles.

Entenda como funciona os cursos técnicos

Acesse o link e conheça tudo sobre a Gran Cursos.

Curso Técnico Integrado

Em primeiro lugar, o curso técnico integrado, que trata-se do curso técnico realizado em conjunto com o ensino médio.

Ou seja, possui duração de três anos e o aluno estuda a profissão escolhida juntamente com as matérias do ensino médio.

Para fazer este tipo, obviamente, não é preciso ter mais de 18 anos e a escolha do curso técnico a ser cursado juntamente com o ensino médio deve ser feita no ato do processo seletivo para cursar o ensino médio. 

Curso Técnico Concomitante

O significado da palavra concomitante é “junto com”.

Dessa forma, pode-se entender que o curso técnico concomitante é aquele que é cursado juntamente com o ensino médio.

Porém, cada um em uma instituição de ensino diferente. 

Cursos técnicos concomitantes podem ser feitos por pessoas de qualquer idade, além disso, o tempo de duração do curso não precisa necessariamente ser de três anos.

Na verdade, geralmente, este tipo é dividido em módulos, e o tempo total do curso costuma ser de 1 ano e meio a 2 anos.

Contudo, é importante ressaltar que para que um aluno que esteja no ensino médio também possa cursar um curso técnico concomitante.

É preciso que o horário das aulas do ensino médio e do curso técnico, não sejam coincidentes.

Curso Técnico Subsequente

Agora, para que seja possível cursar um curso técnico subsequente é preciso que o aluno já tenha concluído o ensino médio.

Pois este tem como objetivo aprender uma profissão específica mais a fundo. 

Estes tipos de cursos técnicos possuem a duração de até dois anos e são divididos em módulos.

Ao final do curso, a pessoa recebe um diploma de conclusão de curso.

Qual a duração média dos cursos técnicos? 

Como mencionado brevemente acima, a duração dos cursos técnicos dependem, ou seja, pode variar de 1 ano e meio a até 3 anos.

Tudo depende da área do curso escolhida, se será curso técnico integrado ou não e pode também variar de instituição para instituição.

Profissões de Nível Técnico

O catálogo nacional de cursos técnicos desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC).

O qual garante o reconhecimento dos cursos, organizou os cursos técnicos disponíveis no Brasil em 13 áreas distintas, as quais são chamadas de “eixo tecnológico”.

São elas:

  • Ambiente e Saúde;
  • Controle e Processos Industriais;
  • Desenvolvimento Educacional e Social;
  • Gestão e Negócios;
  • Informação e Comunicação;
  • Infraestrutura;
  • Militar;
  • Curso de Produção Alimentícia;
  • Produção Cultural e Design;
  • Curso de Produção Industrial;
  • Recursos Naturais;
  • Segurança;
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer.

Melhores cursos técnicos reconhecido pelo MEC

Antes de mais nada, é importante ressaltar que todos os cursos técnicos precisam ser reconhecidos pelo MEC para que tenham validade.

Sendo assim, todos são.

Agora, veja quais são os melhores cursos técnicos reconhecidos pelo MEC que mais pagam.

  • Técnico em Programação – média salarial de R$12.000,00;
  • Técnico em Logística – média salarial de R$9.000,00;
  • Profissional Técnico em Recursos Humanos – média salarial de R$8.700,00;
  • Técnico em Contabilidade – média salarial de R$6.500,00;
  • Profissional Técnico em Marketing – média salarial de R$6.500,00.

No artigo de hoje mostramos tudo sobre como funciona os cursos técnicos. Se ficou com dúvida comente abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.