FGV Concursos

A Fundação Getulio Vargas, ou FGV Concursos, atua há mais de 10 anos em todo o Brasil com o principal objetivo de desenvolver concursos públicos para a administração pública. Com isso, já realizou importantes concursos públicos em todo o território nacional.

Os conteúdos das provas são elaborados por uma equipe multidisciplinar qualificada com mestres e doutores nas mais diversas áreas.

Saiba que a qualidade das provas, a segurança e a eficiência da infraestrutura fazem com que a FGV Concursos seja uma referência, com destaque para a produção de questões em diversos formatos que são usados para avaliação.

Como funciona a banca da FGV Concursos?

Conhecer a banca organizadora do concurso é muito importante para saber quais serão as regras do jogo. Por isso, é válido se dedicar um tempinho para essa tarefa.

No entanto, para facilitar as buscas pela internet, hoje vamos falar da banca FGV concursos.

A FGV Concursos é uma das bancas mais tradicionais do Brasil. Ela é conhecida por ter um nível de dificuldade alto, se comparado com outras bancas que realizam concursos públicos.

Um dos motivos que deixam a banca com fama de difícil é porque suas questões são extensas e bem elaboradas. Por este motivo, os candidatos precisam ter muita atenção e foco.

Além disso, essa banca cobra mais o raciocínio mais crítico para resolver situações práticas. Na maioria das vezes, ela cria situações-problema para casos verídicos.

Se você vai fazer alguma prova elaborada pela FGV Concursos saiba que as avaliações costumam ter entre 70 e 80 questões de múltipla escolha com cinco alternativas.

Já na redação, a FGV Concursos costuma abordar temas atuais da sociedade. Vale saber que a temática costuma ser relacionada aos tópicos mais importantes da prova.

Em relação as provas discursivas, é comum que elas sejam elaboradas com mais de uma questão, o que pode ser visto como um ponto positivo, já que isso amplia a chance do candidato.

Saiba o que a FGV Concursos exige do candidato

É importante saber que o candidato será cobrado pelo o que chamamos de “letra de lei”, o famoso tim-tim por tim-tim. Isso significa que ele precisa saber a lei por completo. Desta forma, fica mais fácil cair nas pegadinhas das questões.

O candidato precisa entender que com as provas elaboradas pela FGV Concursos não adianta entender o conteúdo por alto ou um pouco de todos os temas.

É preciso realizar uma verdadeira imersão no que é pedido pelo edital, além de ter foco e atenção na leitura. Então, leia e releia quando for necessário.

O que costuma cair nas provas da FGV Concursos?

As disciplinas recorrentes nas provas são as básicas, como Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático e matérias específicas de cada cargo, bem como informática.

No entanto, é importante estudar as matérias indicadas no edital.

Candidato, é importante saber também que a FGV Concursos é conhecida por cobrar Interpretação e Conhecimento Teórico.

Alguns professores afirmar que essas questões são mais técnicas, já que elas abordam conceitos, legislações e terminologias técnicas.

Como se dar bem nas provas desta banca?

  • Planeje: a primeira dica vale para todos os concursos públicos que você fizer: planeje-se. O planejamento para estudar vai ajudar você a se concentrar nos temas exigidos pela banca. Por isso, é importante separar dias e horários para estudar cada matéria. Assim, nenhum tema deixa de ser visto e as chances de você estudar tudo o que foi solicitado são grandes.
  • Faça questões das provas anteriores: pegue os simulados das avaliações e fique por dentro das questões gabaritadas na prova da sua área. Isso vai ajudar você a ter uma ideia do que a banca pode pedir e avaliar.
  • Desta forma, você entende quais são os pontos fracos e fortes, além de organizar com mais facilidade os assuntos abordados nos exercícios.
  • Leia e releia todo o edital: Siga o que ele pede e estudo o que é solicitado. Lembre-se que as provas da FGV Concursos não são superficiais.
  • Busque conteúdo atualizado: é importante ficar atento à atualização do material. Por exemplo, a banca sempre coloca questões sobre leis e as leis passam por atualizações, ou seja, é preciso estar ciente sobre quais foram as mudanças.

Sobre a FGV

A Fundação Getulio Vargas (FGV) surgiu em 1944 para contribuir com a promoção do desenvolvimento econômico no Brasil.

Em seus 70 anos de existência, a FGV se tornou uma das instituições mais respeitadas nas áreas em que atua: administração, pesquisa história, documentação, direito e economia.

Entre suas conquistas, a FGV leva o título de primeira instituição da América Latina a formar bacharéis em administração pública e privada.

Leia Também: